FIC 2023: Ministro das Finanças convida empresários a explorarem oportunidades de investimentos ainda inexploradas em Cabo Verde

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,16 nov 2023 7:43

O vice-primeiro-ministro e ministro do Fomento Empresarial, Olavo Correia, convidou hoje os empresários presentes na 26ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) a explorarem as oportunidades de investimentos ainda inexploradas em Cabo Verde.

Olavo Correia discursava na abertura do evento, que decorre na cidade da Praia, contando com a participação de mais de uma centena de empresas de Cabo Verde, com a participação de Portugal, França, Brasil e Estados Unidos da América.

O governante cabo-verdiano falou especialmente nos sectores financeiros, da energia, da economia digital, da economia azul, da agricultura, das indústrias, das indústrias criativas, da saúde e da logística e distribuição.

“Cabo Verde, enquanto porta aberta para o grande continente do futuro, a África, não pode ser ignorado pelos investidores. Um continente com potencial para se transformar num mercado de vanguarda, com um potencial no domínio da agricultura e de fontes de energia renováveis”, afirmou.

O ministro salientou ainda que a partir de Cabo Verde é possível aceder ao mercado de África, um continente que, salientou, oferece fortes oportunidades de investimentos em metais verdes que poderiam e podem impulsionar o crescimento do mercado global em tecnologias de energia renovável limpa, onde os países podem criar empregos, estimular o crescimento económico e reduzir a sua dependência de combustíveis fósseis.

“É um continente de oportunidades, sim, à espera de serem aproveitadas. Posso aqui citar, por exemplo, a análise do Moody’s sobre as taxas de incumprimento das infraestruturas globais, que mostra que o continente africano está muito mais bem classificado que, por exemplo, a Ásia ou mesmo a América Latina”, disse

Conforme indicou, a zona de comércio livre continental africana, que é a maior do mundo em termos de número de países, está estimada em 3,5 bilhões de dólares de dimensão no mercado.

“Com uma população de 1,3 milhões de habitantes, dos quais 600 milhões são jovens, uma urbanização rápida e aumento de rendimentos da classe média, a África é a principal fronteira dos mercados emergentes…Quero aqui destacar o importante papel do sector privado no aproveitamento dessas oportunidades e na criação de empregos em África e em Cabo Verde”, realçou.

Ao falar da FIC o governante cabo-verdiano afirmou o papel que a Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) tem na empreitada de construção incessante e permanente de um Cabo Verde melhor e com um impacto transformador na vida das pessoas.

“Esta feira, a FIC, é uma marca. A FIC é seguramente uma pedra angular nesta empreitada de construção incessante e permanente de um Cabo Verde melhor. Um Cabo Verde que nasceu para ser insular, para ser global, mas também para se espalhar pelo mundo”, salientou.

Por outro lado o vice-primeiro-ministro e ministro do fomento empresarial sublinhou que a FIC tem sido um ponto de viragem excepcional para explorar as oportunidades e conseguir a sua inserção enquanto mercado africano e global, para discutir desafios e para construir soluções e reforçar as parcerias para concretizar as legítimas aspirações de fazer de Cabo Verde um país verdadeiramente desenvolvido.

“Espero que esta FIC seja o início de uma nova colaboração entre instituições financeiras, empresas, governo, municípios, para acelerar o crescimento e o desenvolvimento de Cabo Verde. Temos de desafiar o status quo. Passar de um potencial de crescimento económico em Cabo Verde 5% para 10% significa aumentar a velocidade. Passar da segunda para a quinta velocidade. Todos nós”, sustentou.

A Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) 2023 acontece de hoje a 18 de Novembro, na Praia, sob o lema “Transformar dificuldades em desafios” e visa a promoção das empresas nacionais e internacionais, bem como a dinamização das actividades económicas em Cabo Verde.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,16 nov 2023 7:43

Editado porAndre Amaral  em  26 fev 2024 23:28

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.